Dashboard: por que usar no marketing?

Dashboard: por que usar no marketing?

Dashobaord! Por que usar no marketing? A resposta é simples.

Posso afirmar com clareza que, ao dirigir um carro, você passa grande parte do tempo atento ao ponteiro do velocímetro, ao indicador de combustível, e até mesmo no espelho retrovisor, não é?

Claro, tudo isso se faz necessário pois naquele momento sua atividade exige tais observações. E não abastecer o tanque ao receber o sinal de que a gasolina está no fim, pode colocar seu percurso em risco.

Agora já parou pra pensar que dentro de uma empresa também é necessário monitorar esses “ponteiros”?

No marketing não é diferente. Você precisa ter ao seu lado ferramentas de medição que darão um norte para suas campanhas e ao mesmo tempo indicar se estão sendo executadas na velocidade ideal, e até quando essa tática vai ser sustentada (lembra do indicador do combustível do carro?).

Com um painel de métricas robusto, tenha certeza de que fará um bom caminho pela viagem, que nesse contexto, será alavancar sua empresa.

Com o advento da informatização, as empresas ganharam em termos de eficiência na geração de dados. Porém, muitas ainda patinam na hora de transformar esses números em informação.

Por isso, o assunto desse artigo vai abordar os dashboards.

 

O que é dashboard?

Se para dirigir o seu carro o painel é um elemento indispensável, considere o dashboard o mesmo para o marketing.

Sem ele, você provavelmente terá muita dificuldade em medir seu desempenho e quais ações estão sendo eficazes e identificar aquela que não está surtindo qualquer efeito. Veja o modelo de um dashboard abaixo:

Modelo de dashboard para Marketing

Em resumo, você tem reunido em um único lugar todas as informações chaves para determinar uma nova campanha ou aprimorar a que está em andamento.

E o melhor, em tempo real! O que facilita a tomada de decisão ao longo do processo.

Número de visitantes em seu site, taxa de conversão, taxa de rejeição, enfim, nada mais é do que o “painel de controle” onde você organiza essas informações o que ajuda a aumentar a produtividade do seu negócio.

 

A importância do Dashboard no processo de BI

Já chegamos até aqui com a definição de dashboard, que são painéis de monitoramento de métricas e KPI’s em tempo real.

Agora, se isso estiver ligado ao BI (Business Intelligence) de sua empresa, os resultados serão ainda mais potencializados.

Definir qual o dashboard que mais se encaixa no seu processo é o primeiro passo.

Tenha sempre em mente que nada adianta ter em mãos números e dados se estes não forem transformados em ações.

Gráficos cheios de informações e dados nada adiantam. Só irão confundir os usuários.

Pra clarear, os dashboards têm único e total objetivo o uso de dados que favoreçam a análise das métricas e KPI’s. Ir direto ao ponto, e de forma enxuta gerar gráficos práticos no dia a dia.

Por consequência, o BI (Business Intelligence), tem a missão de cruzar informações internas com o cenário do mercado. Se minha empresa mantiver esse ritmo, qual será meu resultado daqui cinco anos?

Podemos inclusive registrar aqui que são informações extremamente confidenciais e se mantêm sob a responsabilidade de analistas especialistas na área e gerentes.

É um processo que demanda tempo e eficácia. É necessário reunir, estruturar e pulverizar os dados, o que exige cautela do time.

Em resumo, o BI é basicamente unir inteligência à operação.

 

Conheça os tipos de dashboard

Vamos lá.

Toda e qualquer tipo de informação pode ser configurada para ser exibida em um dashboard. É importante ter sempre em mente que apenas o que for relevante para o negócio é que deve ser usado para fim estratégico na tomada de decisão.

Essa é apenas uma das vantagens do dashboard, que permite o filtro de forma segmentada pelo gestor de acordo com sua área de atuação dentro da empresa.

Na linha de produção de uma fábrica, por exemplo, esse painel vai mostrar, provavelmente em telas de LCD o índice de máquinas ociosas, percentual de desperdício de matéria-prima e por aí vai.

O que clareia ainda mais a definição de que não consiste em uma interface padrão, e sim uma ferramenta que pode (e deve), ser personalizada para cada segmento.

Nada vai adiantar passar horas e horas debruçado sobre várias planilhas e demorar semanas para chegar a uma conclusão.

Na hora de escolher um modelo de dashboard a ser implementado, algumas perguntas devem ser respondidas.

  • Quantos acessos recebo por dia, na semana, e no mês?
  • Quais produtos/serviços mais acessados?
  • A taxa de conversão está abaixo do planejado?

Vejamos agora os três tipos de dashboard utilizados para atender os principais níveis de uma empresa:

Dashboard operacional

É justamente aquele que é acompanhado geralmente com uma frequência maior.

Em um processo de e-commerce por exemplo, o nível de estoque deve fazer parte desse painel, pois oscila a todo instante. Pode ser acompanhado pelo smartphone ou tablet, em tempo real, de maneira imediata pelo gestor.

Dashboard estratégico

Diferente de um painel com KPI’s e métricas voltadas para o operacional, aqui temos o que chamamos de ferramentas para medir o desempenho do processo. Pode ser acompanhado em intervalos menos frequente, ao final do dia, por exemplo.

Por isso, aqui, nunca um único painel é analisado de forma isolada no sentido de definir um plano de ação.

Dashboard analítico

Permite ao usuário investigar tendências, prever resultados e descobrir insights.

Os dados por trás de um painel analítico precisam ser precisos e atualizados, e não é recomendado que seja utilizado com frequência.

Nesse contexto, o dashboard tático ou analítico permite o acompanhamento de indicadores que orientem aos gestores a tomada decisões de médio prazo.

Como mostramos no tópico anterior, você pode analisar por exemplo, quais dias da semana seu site recebeu mais visitas naquele determinado mês e implantar um planejamento de captação de clientes nesses dias de maior audiência.

Independente de qual tipo for escolhido, o painel de controle deve mostrar os principais dados de forma visual, em números, imagens e gráficos, facilitando o entendimento, para melhor aplicabilidade das informações.

Entretanto, quanto maior “poluição”, mais difícil será o entendimento do seu painel.

Seja claro nas métricas, e cuidado com o excesso de cores, pois pode confundir a interpretação.

 

Ferramentas para criação de Dashboards

Existem inúmeras ferramentas para a criação de dashboard existentes no mercado hoje.

Entretanto, muitos profissionais, ainda utilizam o Excel e o Power Bi para a criação e acompanhamento das ações de marketing.

Kenaz – KPI e métrica para marketing

A Kenaz é a ferramenta que está sendo desenvolvida para gerar dashboard automaticamente.

Com ela será possível analisar, também com poucos cliques, os canais digitais que oferecem os melhores resultados para as ações de marketing digital.

O dashboard já vem estruturado para mostrar as principais métricas e KPI’s, dessa forma, não existe a necessidade de investir tempo na criação das telas. Todos os dados são organizados na tela para que o analista possa ver os resultados em poucos segundos.

Dashboard Excel

Graças as inúmeras funcionalidades do Excel, é possível criar dashboards com ela.

Contudo é importante ressaltar que muitas das funções precisarão ser criadas manualmente.

Por ter funções prontas, é possível criar um dashboard em Excel com poucos cliques, lembrando que, os dados de origem precisam estar sempre atualizados para que não gere ruído nas análises.

Dashboard Power BI

O Power BI é uma ferramenta que “agrega” as melhores partes do Excel dentro de si, mas de uma forma mais objetiva e analítica.

Possui uma licença trial que pode ser usada por até 60 dias, depois disso, ele é convertido para uma conta free. Nessa versão, é claro, existem limitações.

Sua principal vantagem é a possibilidade de pegar os dados e transformar em algo organizado e visualmente atrativo.

Com poucos cliques você organiza e cria dashboards incríveis para gerenciar as suas kpi’s e métricas.

 

Sobre a Kenaz Marketing

A Kenaz é uma ferramenta que centraliza, em um só painel, todos os resultados de Marketing.

Visitas do site, anúncios, redes sociais, Google, etc.

Análise suas métricas e ajuste suas campanhas para vender mais!

 

Preencha o formulário para dar início.

Seus resultados nunca mais serão os mesmos!

hbspt.forms.create({ portalId: "5395306", formId: "c232d261-4b93-4e90-b4d3-148e8d49abf0" });